quinta-feira, 20 de outubro de 2011


Não quero algo perfeito. O perfeito enjoa. Me surpreenda, só isso.

Nenhum comentário: